Por que Jesus muda a maneira que vivemos?

Em algumas partes do mundo, ser um “cristão” é um rótulo como “empregado”: ​​é simplesmente algo que você faz. Alguns diriam até que você nasceu cristão dependendo da família em que você foi criado. Fé é checada na lista de tarefas, bem ao lado de estar a tempo para o trabalho. Mas a fé em Cristo não é um título ou um direito de se gabar; é uma mudança de vida. E nem sempre é confortável.

Quando Jesus chamou seus discípulos, eles sempre tinham que desistir de algo para segui-lo. Seguir a Cristo é uma mudança de estilo de vida diferente de qualquer outra coisa. Pedro deixou o negócio de seu pai. Paulo deixou sua reputação. Ser cristão não é compartilhar versículos bíblicos ou apenas casar em santidade; é sobre ser separado em um mundo escuro.

Jesus nos chama à consagração, um termo usado para descrever a “separação” de pessoas para os propósitos de Deus. Muitas vezes pensamos que isso significa ser perseguido por nossa fé, mas isso realmente significa ser diferente no dia-a-dia da vida cotidiana. Significa vestir-se, falar e escolher de forma diferente das pessoas à nossa volta - mesmo quando isso nos torna “desinteressantes”.

Deus nos chama para sermos santos porque Ele é santo, e embora Ele deseje ter um relacionamento conosco, interagir com o homem pecador manchará Sua pureza. É por isso que Deus enviou Jesus: para preencher a lacuna entre o divino e o humano, abrindo caminho para sermos purificados e termos um relacionamento com Ele. Quando Jesus morreu, Seu sacrifício cobriu nossos pecados para que pudéssemos unir as mãos a Deus em seu coração para a humanidade. Mas ao receber o presente de Jesus, nos é dada uma identidade pura que devemos então viver em um mundo pecaminoso. Essa identidade pura exige um estilo de vida consistente com quem somos. Porque somos feitos santos, somos chamados a vidas santas.

A vida santa não é legalismo; é o que Deus espera. A santidade só se torna legalismo quando adoramos as regras em vez do próprio Deus. Se você é cristão, você é chamado para uma de vida de santidade. Isso não é fácil, mas é por isso que temos Jesus. A razão pela qual precisamos buscar a Deus diariamente em sua Palavra é saber como viver vidas santas em um mundo confuso e maligno. Se nunca olharmos para a Palavra de Deus ou lhe pedirmos como viver, comprometeremos nossas identidades puras, manchando o nome de Cristo:
nos

Ser cristão deve mudar como você vive. Se isso não acontecer, é hora de avaliar o que você acha que ser cristão realmente significa. 1 Tessalonicenses 4:7

Então ele chamou a multidão e os discípulos e disse: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará. Marcos 8:34,35

Seguir a Cristo transformará suas ações. Isso fará com que você alinhe seus hábitos, palavras e desejos com sua santidade e verdade. É essa verdade que Paulo nos chamou para imitar quando ele disse:

Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facçõese inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Gálatas 5:19-21

Nós amamos a Cristo porque Ele nos amou primeiro. Esse amor nos inspira e nos ajuda a moldar todos os nossos comportamentos com a honra devida a seu nome, o próprio nome que damos quando dizemos que somos "seguidores de Jesus". Vamos escolher honrá-lo hoje, não apenas em palavras, mas em todas as partes de nossas vidas.

Com amor e gratidão,

0 Comentários