A guerra espiritual é verdadeira?

Quando passamos um certo tempo na igreja, provavelmente já ouvimos o termo “guerra espiritual”. Talvez você tenha se perguntado se é algo com o que deveria se preocupar, ou talvez tenha se perguntado: a guerra espiritual é real mesmo? ? Hoje irei responder a essa pergunta.

Como seres humanos, somos seres espirituais ligados em corpos físicos. Como tudo o que fazemos está ligado no reino material, pode ser fácil esquecer que nossa natureza espiritual é tão real quanto as coisas que tocamos e vemos. O reino espiritual é tão real quanto o mundo material em que operamos, o que significa que há forças espirituais trabalhando ao nosso redor - tanto para o bem como para o mal.

Inicialmente, o único espírito neste mundo era de perfeição. Deus projetou o mundo para a perfeita comunhão entre Deus e o homem. Mas o mal entrou quando Adão sucumbiu à tentação de Satanás e, desde então, Satanás não parou de tentar separar o homem de Deus. Desde que o pecado impede o homem de um relacionamento perfeito com Cristo, Satanás faz tudo o que pode para fazer o homem abraçar o pecado ao invés de abraçar Deus. Esta batalha espiritual se manifesta no reino físico, onde vemos guerra, dor, sofrimento e desgosto em nossas vidas e nas vidas dos outros. A batalha entre o bem e o mal está sendo travada a cada dia - e nós somos parte disso.

Nosso impulso será lutar pelo que é bom. Mas enquanto podemos lutar pelo bem no mundo material, não será eficaz a menos que cheguemos à raiz espiritual do problema. Nós devemos lutar tanto espiritualmente quanto materialmente. O apóstolo Paulo falou sobre isso em sua carta à igreja de Éfeso, nos alertando que a batalha que enfrentamos é mais do que aparenta:

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12

Mas como podemos, como seres físicos, lutar uma batalha no reino espiritual? Paulo ofereceu mais instruções sobre esse assunto:

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Efésios 6:13

A armadura de Deus, descrita no resto de Efésios 6, nos capacita a combater essa batalha espiritual. Nossa salvação, nossa justiça e nosso evangelho nos dão as armas para lutar contra as forças do mal. Isso significa que cada decisão que tomamos para a santidade - por mais banal que pareça - é um passo em direção à vitória em Cristo. Toda vez que escolhemos honrar a Deus com nossas palavras, ações e decisões, estamos empurrando para trás as forças do inimigo e derrotando o que ele espera realizar neste mundo.

Esteja alerta e ciente da batalha, então. Nossas mentes e corações são alvos de Satanás, porque se ele puder controlá-los, ele poderá controlar cada ação que tomarmos. Permaneça dedicado a Cristo (2 Coríntios 11: 3) e sua mente será protegida dos esquemas do inimigo.

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Tiago 4:7,8


Todos os verbos neste verso são verbos de ação: sujeitai, resistir, aproximar-se. A natureza da guerra espiritual requer que tomemos medidas. Se ficarmos parados, podemos ser arrastados pela distração, tentação ou preguiça. Temos que escolher ativamente o caminho de Deus, resistir ativamente ao caminho do diabo e nos aproximar ativamente de Deus, que é nosso protetor e nossa defesa.

A existência da guerra espiritual pode ser assustadora a princípio, mas temos uma esperança gloriosa. Quando Jesus morreu, Ele quebrou o poder de Satanás e venceu a morte e o pecado:

Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. 1 João 3:8

Embora ainda seja permitido a Satanás trabalhar neste mundo (seu tempo é limitado - Mateus 8:29), todo esforço maligno que ele faz é transformado pelo santo propósito de Deus. Deus permite que ele continue neste mundo porque o plano de Deus ainda não está completo, mas no final, Satanás será derrotado de uma vez por todas:

E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém. Romanos 16:20

Há uma guerra sendo travada ao nosso redor e nós fazemos parte dela. Mas nós somos os vencedores, e essa é a nossa esperança.

Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. 1 João 4:4

Com amor e gratidão,

0 Comentários