Às vezes, o final é uma bênção

Às vezes, os finais forçam você a encontrar novos começos. Eles te forçam a intensificar e preencher esse vazio, mas você acaba encontrando muito mais sobre si mesmo. Você acaba encontrando algo melhor para você. Você acaba desejando que tenha terminado as coisas muito mais cedo ou tenha tido a coragem de se afastar das coisas e das pessoas que não mais o inspiram. Coisas que não te movem mais.

Nós não precisamos lamentar todos os finais. Não precisamos ficar tristes só porque nos ensinaram que os finais são ruins. Alguns finais são felizes ou levam a finais mais felizes. Alguns finais podem ser difíceis de aceitar no começo, mas quando você olha além da dor, você vê a sabedoria e a lição por trás, as oportunidades que isso lhe trouxe e a pessoa que você se tornou.

Você encontra muito mais bênçãos nos finais do que nos começos. Os começos são excitantes e às vezes você pode ignorar o que realmente quer ou como isso pode mudar sua vida, porque você está apaixonado pela emoção. Você é viciado na ideia de que algo novo está acontecendo em sua vida, mas as verdadeiras bênçãos estão nos finais. Quando as coisas terminam e você é forçado a olhar mais profundamente nos porquês e no como. Quando as coisas terminam e você é confrontado por um milhão de perguntas que o levam a encontrar respostas importantes.

Ironicamente, os finais mais difíceis são sempre os melhores para nós. Os finais mais difíceis sempre trazem as maiores alegrias.

Mas a parte mais bonita dos finais é que eles mostram a você o que deve ser seu e o que não é. É a maneira de Deus cuidar de você. É o caminho de Deus de te levar a uma nova direção. É a mensagem de Deus para você e você não pode errar com isso. Seu plano é melhor que o seu.

Então, talvez o título seja um pouco enganador, não é apenas 'às vezes' , é o tempo todo. Os finais são sempre uma bênção.

Os finais devem ser celebrados como novos começos. Eles possuem tantas oportunidades. Tanta liberdade. Tanta esperança. 

Com amor e gratidão,

0 Comentários