A arte de dizer adeus

Dizer adeus é realmente difícil, especialmente quando você tem que deixar algo que realmente quer, seja uma ótima oportunidade, alguém de quem você realmente gostava ou amava ou até mesmo qualquer expectativa que tivesse sobre algo. Eu não acho que alguém saiba como abandonar completamente ou não voltar de tempos em tempos, mas definitivamente existem maneiras de tornar mais fácil para você dizer adeus, mesmo quando você pretende não ir.

Qualquer coisa que pareça forçada ou mais difícil do que deveria ser ou cause dor e aflição não é para você. Ter esta mentalidade ou fé irá ajudá-lo a superar a resistência que vem com a decisão de se deve ou não dizer adeus. As coisas que são destinadas a você têm um jeito de fluir suavemente para sua vida. Quanto mais você luta por algo que não é para você, mais a luta vêm contra você. Você pode conseguir o que quer no final, mas isso pode não durar e você pode não se sentir à vontade com isso. A beleza das coisas que são destinadas a você é que elas simplesmente acontecem; contra todas as probabilidades. Estamos apenas programados para complicar a vida, às vezes, e é por isso que temos que estar com nossas mentes abertas e com o nosso Espirito disposto a obedecer aquilo que virá.

Dizer adeus é realmente doloroso quando você se sente “preso” e às vezes algo pode parecer impossível de fazer, mas a verdade é que, se você chegar a esse ponto, significa que você tem se esforçado tanto para fazer essa coisa funcionar a seu favor, ou alcançar seu objetivo, e às vezes parece que tentamos tanto ou percorremos um longo caminho que, se deixarmos ir agora, será um desperdício de tempo, dado o tempo e o esforço que investimos nele. Mas nada é uma perda de tempo, mesmo que pareça que é, estamos aqui para cometer erros e aprender lições para crescer como indivíduos, se continuarmos a manter as nossas situações tóxicas, pois as vezes pensamos que já é tarde demais para mudar as coisas, estamos apenas nos preparando para uma vida incrível. Há poder em dizer adeus, acredite!

Sempre achamos que algo supérfluo ou passageiro vai nos ajudar ou nos deixar mais felizes. Mesma noção de que quando uma porta se fecha, outra se abre. A vida abre novas portas para você o tempo todo; Imagine que você é uma chave para várias portas e você só acha que só pode abrir uma porta. Temos muito potencial, tantos talentos, tantas coisas gentis para devolver ao mundo. Nós temos tantas chaves para abrir tantas portas. Quando você deixar uma porta para trás e tranca a porta, ficará surpreso com o número de portas que estavam esperando para serem abertas por você e somente por você. Alguns finais não são ruins; às vezes eles não são nem finais - apenas pontes para novos começos.

Aqui está outra razão pela qual nos agarramos a coisas ou pessoas por mais tempo do que deveríamos. Nós nos convencemos de que as coisas boas não acontecem duas vezes; não seremos capazes de encontrar alguém que seja tão bom novamente ou que nos faça sentir dessa maneira novamente. Ou não conseguiremos encontrar um emprego assim novamente, ou algo pelo qual somos apaixonados novamente. A verdade é que você sempre encontrará algo ou alguém que faça você se sentir dessa maneira novamente, novas amizades emergirão e coisas boas acontecerão duas vezes e quantas vezes quiserem, e provavelmente será um ajuste melhor e mais conveniente para você. Se você olhar para trás em sua vida, você vai se ver rindo de certas situações quando você pensa que você nunca vai dizer adeus a alguém, ou como você se apegou a algo tão forte apenas para perceber depois que isso era errado para você. Grandes coisas nos acontecem o tempo todo em diferentes formas; nós apenas gostamos de nos concentrar nas coisas que não são tão boas. Segurando em algo por medo de que isso nunca aconteça novamente, é a definição de medo. Nós temos que ser destemidos em dizer adeus.

A verdade é que, se você chegar a um ponto em que dizer adeus é a única opção, isso geralmente significa que essa coisa ou alguém já deu adeus a você. Você está tentando ficar em um lugar onde você não é mais bem-vindo. A mente tem um jeito engraçado de enganar-nos a acreditar em certas coisas para torná-las menos dolorosas para nós, ou colocá-las de uma maneira que realmente não machuque nosso orgulho ou quebre nosso coração, mas temos que olhar da maneira como é, a maneira como está sendo retratada para nós, não do jeito que queremos ver. Isso não é uma ilusão de ótica, isso é realidade e, na realidade, o que você vê é o que você obtém. Se uma oportunidade passasse por você, realmente não queria parar na sua estação, se alguém que você ama, dizer adeus, você não gostaria que eles realmente ficassem. À medida que você continua aprendendo a arte de dizer adeus, deixe de lado seu medo, seu passado, seus erros, suas inseguranças, seus fracassos, sua insegurança. Perdoe-se o suficiente para deixar as partes de você que diminuem sua luz.

Com amor e gratidão,

0 Comentários