O lado bom e o ruim de ser uma pessoa independente

Como o mais velho dos três filhos, a independência vem naturalmente para mim. Enquanto valorizo ​​viajar e a amizade verdadeira através de Jesus, gosto de sair sozinho para realizar o plano da minha vida. Talvez você possa se identificar com esse sentimento também.

Mas a independência - embora valiosa - nem sempre é benéfica. Como todas as coisas na vida, existem prós e contras de ser um homem (adolescente) independente. Entender os pontos fortes e fracos de nossa natureza pessoal nos ajuda a navegar na vida com sabedoria, e entender a independência no contexto do projeto de Deus, conheçendo nosso coração contra as intenções Dele.

O apóstolo Pedro escreveu: “Viva como pessoas livres, não usando sua liberdade como disfarce para o mal, mas vivendo como servos de Deus.” (1 Pedro 2:16). O mundo elogia a independência. Nossa cultura continuamente eleva-se como o protótipo da masculinidade. Mas até o homem mais independente depende de algo ou alguém pelo valor dele! Pedro está dizendo que somos de fato livres - independentes, capazes de fazer o que queremos -, mas que nossa independência não deve ser usada para propósitos egoístas. Nós somos independentes como indivíduos, mas estamos e somos totalmente dependente de Deus e Seus padrões.

Isso em mente, aqui estão alguns prós e contras - os aspectos bons e ruins - de ser um rapaz independente.

Bom: Você não precisa de motivação externa - você pode se motivar.

Homens independentes são muito auto-motivados. Eles sabem o que querem realizar e criam estratégias para chegar lá. Muitas homens que são independentes também são descritos como personalidades forte. Eles anseiam organização, estrutura e um plano para o futuro. Essa motivação interna é extremamente útil para a escola e o trabalho, onde as expectativas de desempenho são altas.

Mau: Você fica frustrado quando outras pessoas não desfrutam de sua motivação.

Homens independentes têm grandes expectativas para si mesmos. A desvantagem dessa auto-motivação reside em seus relacionamentos com os outros: eles mantêm as mesmas expectativas para as outras pessoas! Nem todas as pessoas são de personalidade forte, e algumas preferem passar a vida com uma mentalidade menos individualista. Essa mentalidade é difícil de entender se você está acostumado a simplesmente "fazer as coisas acontecerem". Os homens independentes precisam aprender a oferecer graça e paciência àqueles que são novos e não são tão orientados para tarefas como eles.

Bom: Você está é feliz por estar sozinho.

Muitas pessoas considerariam isso um traço introvertido, mas extrovertidos independentes o exibem também. Ao contrário de como os extrovertidos são retratados na mídia, muitos gostam de ficar sozinhos por períodos de tempo - geralmente para se recuperar do ritmo acelerado de sua agenda social. Muitos homens independentes gostam de trabalhar sozinhos. Um homem independente extrovertido pode desfrutar de eventos sociais na companhia de outras pessoas, mas prefere fazer as tarefas diárias em seu próprio tempo. 

Bom: Você foca no que acredita e não é influenciado pela multidão.

Quando você está disposto a ficar sozinho, você está disposto a ser diferente. Independência pode ser um sinal de força. Mas o homem mais independente só é bem sucedido quando é totalmente dependente de Deus.

É a verdade de Deus que nos dá algo em que se apoiar. É a Sua Palavra que guia nossas decisões e estratégias para a vida. Então, enquanto somos independentes, nunca estamos totalmente sozinhos. Porque Deus nos criou, estamos todos conectados a ele. Podemos nos submeter à Sua orientação e amor, ou podemos nos apegar a uma “liberdade” percebida que, na realidade, é uma rebelião contra Cristo.

Em Cristo, nos é dada a força para ficarmos sozinhos quando a multidão se volta contra nós. Em Cristo, somos livres para sermos totalmente nós mesmos e totalmente servos de Deus. Em Cristo, somos ambos dependentes do Seu amor e independentes das expectativas deste mundo.

Com amor e gratidão,

0 Comentários