Como eu posso lidar com as emoções

Confesso para vocês que fico muito triste, quando uma pessoa é desorganizada principalmente com minhas coisas, em um certo momento peço paciência a Deus, para não se estressar com coisas simples. Mais sempre, eu penso porque fiquei com tanta raiva. Por que eu reagi dessa maneira? Como eu poderia lidar com uma emoção tão frustrante?

Às vezes precisamos entender que emoção não é raiva - é uma onda súbita de solidão, tristeza, inveja ou arrependimento. Nossa capacidade de sentir emoções - e reagir às emoções dos outros - é uma parte que define nossa humanidade. Mas as emoções não são destinadas a ditar o nosso comportamento. Como seguidores de Cristo, nossas emoções devem estar em submissão à nossa vontade, que por sua vez é submetida a Deus.

Como, então, lidamos com emoções que parecem nos subjugar? Podemos começar reconhecendo o que as emoções realmente são.

O mundo de hoje considera nossos "sentimentos" de maior importância. Como nos sentimos tem prioridade sobre como pensamos ou como agimos. Mas a abordagem bíblica da emoção nos leva a um padrão mais elevado. Nossas emoções, embora reais, não são o verdadeiro problema a ser resolvido. Emoções são um sintoma de um problema maior em jogo.

Quando estou oprimido pela raiva, o problema não é minha raiva - é o que causou minha raiva. Mesmo assim, a causa da minha raiva não é uma pessoa ou situação, mas o que eu acho que deveria estar acontecendo com essa pessoa ou situação. Mais frequentemente do que não, minha raiva é gerada por uma necessidade de controle.

Ao desacelerar e reconhecer a causa de suas emoções, você pode então adotar uma abordagem divina e cristã para lidar com elas.

Reconheça o que faz você se aborrecer.

Certas coisas desencadeiam nossas emoções, seja devido ao abuso do passado ou simplesmente nossas diferenças de personalidade. Saiba o que faz com que você reaja e tome medidas para mudar o que puder sobre essas circunstâncias, mostrando graça para as coisas que você não pode mudar.

Por exemplo, sei que uma casa bagunçada me deixa estressado e nervoso. Consigo afastar a raiva e a frustração administrando bem meu tempo meu quarto e as coisas em minha casa. Mesmo quando as coisas ficam um pouco bagunçadas, posso descansar no fato de que fiz o que pude para cuidar de nossos pertences, e é mais fácil dizer “não” à raiva.

Você pode fazer o mesmo reconhecendo o que o torna mais solitário, triste ou irritado e mudando com quem você passa tempo, aonde você vai ou os hábitos que você implementa.

Desapegue de suas emoções

Às vezes nossas emoções são um sintoma de idolatria. Para usar o exemplo da casa novamente, se eu tornasse minha casa apegada, ficaria com raiva sempre que alguém estragasse alguma coisa . Minha resposta emocional extrema seria um sinal de onde estavam minhas prioridades: nas coisas, não nas pessoas.

Peça ao Senhor para revelar qualquer área de apego em seu coração. Você fica extremamente chateado com a ideia de mais um ano de solteirismo? Deus pode estar chamando você para entregar essa área a Ele, para parar de tentar controlar seu status de relacionamento. Você fica com raiva quando seu amigo sai com outras pessoas? Você pode estar tendo um apego nessa amizade. Peça ao Senhor que lhe mostre essas áreas e ensine como se render a elas.

Peça a Deus sabedoria

Finalmente, Deus é o Senhor sobre todas as nossas emoções. Como nosso Salvador Rei, Ele nos resgata das emoções de nossos próprios corações enganosos. Ele nos ajuda a superar a emoção, mesmo quando ela ameaça nos superar!

Para encontrar a vitória, devemos permitir que Deus trabalhe. Isso significa entregar nossas emoções a Ele no calor do momento, dando um passo na fé de que Ele nos ajudará e nos dará o Seu amor, mesmo quando as emoções ainda não mudaram. Esta é a caminhada da fé! Não é fácil, mas ao escolher olhar para Deus em vez de “seguir nossos corações”, temos a garantia de percorrer um caminho muito mais sábio para o futuro.

Com amor e gratidão,

0 Comentários