Querida menina, eu não sou um garoto de uma noite.


Linda garota:

Quando digo que não sou um garoto de uma noite, não sou tímido. Não é um jogo de paquera. Eu não sou de estar jogando para lhe pegar. E não é um desafio para você se esforçar mais, para me ter.

É a verdade.

Você pode não ter conhecido muitos garotos como eu, ou talvez você tenha - e talvez você tenha se decepcionado. O que aconteceu antes, termina aqui. Eu sei quem eu sou e sei para onde estou indo. E eu valho mais do que uma noite.

É fácil acreditar em mentiras sobre nossa sexualidade - sua e minha. Para você, o sexo pode ser tão barato quanto um desejo passageiro, um instinto animal a ser seguido à nossa vontade. Talvez você ache que é um tipo de honra, se oferecendo para mim. Mas a verdadeira honra está em você se valorizar - valorizar o suficiente para se você mesma. Valorizar o suficiente para você não se frustrar. Valorizar o suficiente para não nascer uma vida perdida, em apenas uma noite.

Como eu explico isso para você, garota? Como eu explico a profundidade e a glória da sexualidade? Não é que eu não sinta desejo; Eu também sinto, sou humano. Há momentos em que quero desistir; ás vezes eu quero experimentar o que está disponível para mim. Mas então me lembro de quem sou: um homem redimido. Tudo o que eu fiz de errado foi pago na íntegra, e tudo que farei pode ser perdoado. Por que eu iria querer abusar de tal graça?

Acho que podemos concordar que amor e sexo não são a mesma coisa. Se você pensou que eles eram, você não estaria falando em termos de uma noite. Mas acredito que sexo e amor são projetados para andar de mãos dadas; eles nunca foram feitos para serem separados. Eles não foram feitos para se tornarem entidades distintas... o sexo sendo a prática que pode ou não levar ao amor. Sexo sendo o bode expiatório quando o amor não dá certo. Amor - intimidade emocional - é o fundamento da intimidade sexual. Você não pode realmente ter um sem o outro.

Eu não sou um puritano, garota. Eu sou um garoto que se valoriza. Sou um garoto que acredita que tenho algo a oferecer que é belo e divino, e não vou entregar assim, tão fácil e rápido, ao mesmo tempo passageiro e vazio. Eu não vou dar algo de qualidade vitalícia para uma noite de diversão descomprometida. Porque não é divertido ser usado, mesmo quando você concorda em ser. Não é divertido ser um objeto, mesmo quando você escolhe ser objetivado. Em algum lugar lá no fundo, todos nós sabemos que há mais. Há mais para o sexo. Há mais para amar.

Eu não sou um garoto de uma noite, não porque eu acho que sou melhor, mas porque eu sei quem eu sou, e sei pelo que já passei, não quero que você passe o mesmo. Não preciso de uma noite com você para provar minha identidade. Não preciso me apresentar sexualmente como um rito de passagem ou uma maneira de ganhar sua atenção. Meu corpo e meu coração têm valor, o seu também têm, e eu estou de acordo com o que é verdade: a sexualidade é um dom, uma luz, um privilégio. Vou aproveitar tudo isso algum dia - algum dia, quando a aliança abrir a porta. Até lá, não estou aqui para  provar o seu prazer. Estou aqui para um propósito eterno, e te levar há conhecer esse propósito.

Espero que um dia você veja a mentira que acredita em si mesma; sobre os homens. Espero que um dia você veja que há, mais beleza em você do que imagina.

Talvez então, você não seja uma garota de uma noite.

Você será um tipo de mulher de uma vida, vida com propósito, esperança e ao lado de Jesus.

Com amor e gratidão,

0 Comentários