Jesus é a única bebida que nos satisfaz


A Palavra do Senhor (a Bíblia Sagrada) é conhecida como a água viva da vida (João 4:10). A Bíblia é conhecida como o recurso mais confiável da história e foi preservada por milhares de anos. A Palavra de Deus é conhecida como o “pão da vida” e a “água viva”, e até equivale ao próprio Cristo (João 1). Jesus também é conhecido como o pão da vida porque ele morreu na cruz (o pão representa a carne e o vinho representa o sangue).

Jesus respondeu: “Todos os que beberem desta água ficarão com sede novamente, mas quem beber da água que eu lhes der nunca terá sede. De fato, a água que lhes dou se tornará nelas uma fonte de água que jorra para a vida eterna. ” (João 4: 13-14)

A comunhão é um tempo para estar com os irmãos. O Pai deseja que nós comemos com Ele, então Ele enviou Seu único filho (Jesus Cristo) para que pudéssemos ter um relacionamento através Dele com o Pai celestial. A Palavra de Deus é como alimento para a alma e é tão importante para a ingestão diária. Assim como a água normal se hidrata, a verdade é a mesma.

Em verdade, digo-te, aquele que crê tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Seus antepassados ​​comeram o maná no deserto, mas eles morreram. Mas aqui está o pão que desceu do céu, que qualquer um pode comer e não morrer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer este pão viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo. (João 6: 47-50)

Nós devemos reabastecer nossas almas dos dias da vida que nos desgastam às vezes através de circunstâncias ou razões emocionais. Nossa carne pode nos arrastar para baixo e nos desidratamos espiritualmente necessitando de refrigério. Nós devemos ir para a fonte eterna da vida para o nosso bem estar. Você percebe como é importante ler a Palavra de Deus? A Bíblia é tão importante que Jesus até mesmo diz que Ele é o pão da vida.


E o Verbo se fez carne e habitou entre nós (e vimos a sua glória, a glória como do unigênito do Pai), cheio de graça e verdade. (João 1:14)


Nosso Senhor Deus Pai enviou a Palavra revelada ou revelação de quem Ele é na carne através do Filho do Homem (João 1). Parece loucura, mas assim como um ovo, que tem três partes, o mesmo acontece com o Deus - Trindade: Deus, o Pai; o Filho, Jesus Cristo; e o Espírito Santo (1 Coríntios 13:14). Precisamos de todos os três em comunhão para comunicar ao único e verdadeiro Deus Todo-Poderoso de Abraão, Isaque e Jacó.

Para nós uma criança nasce, para nós um filho é dado, e o governo estará em seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz. (Isaías 9: 6)

O Antigo Testamento reflete o Novo Testamento e vice-versa. A razão pela qual a Bíblia é a verdade é que as profecias no Antigo Testamento foram escritas centenas de anos antes do nascimento de Cristo (ou o que conhecemos como Cristo mas). O povo de Deus é judeu-cristão, ou seja, suas raízes estão mergulhadas no judaísmo; a única diferença é que acreditamos que o Messias veio. Aqueles que crêem em Cristo é o Messias revelado - o único Rei verdadeiro, o esperado Salvador de que os profetas dos tempos bíblicos falaram - são considerados seguidores de Cristo. Os judeus que crêem em Jesus (Yeshua) como Messias são conhecidos como judeus messiânicos. Deus se revelou através de Sua Palavra no Antigo Testamento (Torá Judaica) e Novo Testamento (Nascimento de Cristo, os Evangelhos e assim por diante).

No passado, Deus falou aos nossos antepassados ​​através dos profetas em muitas ocasiões e de várias maneiras, mas nestes últimos dias ele nos falou pelo seu Filho, a quem ele designou herdeiro de todas as coisas, e através de quem também fez o universo. O Filho é o esplendor da glória de Deus e a representação exata de seu ser, sustentando todas as coisas por sua poderosa palavra. (Hebreus 1: 1-3)

É tão importante entender o poder da Palavra falada, escrita e revelada de Deus (Cristo). O Senhor é tão grande e poderoso que a mente humana não pode contê-lo, mas a Sua Palavra é o Seu sopro, inspirado pelo homem e por Jesus (Yeshua). Devemos valorizar este conhecimento e sabedoria revelados que recebemos do Rei dos Reis, e não desconsiderar o tesouro que temos.

Toda a Escritura é instruída por Deus e é útil para ensinar, repreender, corrigir e treinar em retidão, de modo que o servo de Deus possa estar completamente equipado para toda boa obra. (1 Timóteo 3: 16-17)

Muitas pessoas dos tempos antigos desejavam que o Espírito Santo os aconselhasse e os guiasse para toda a verdade depois da morte e ressurreição de Cristo. Muitos desejavam ter o Messias (o verdadeiro cordeiro final). Muitas pessoas desejavam que conhecessem Yeshua como seu Sumo Sacerdote.

Alguns ainda estão presos no engano da religião em vez do relacionamento. Muitos são levados a pensar que têm que passar por ações (rituais religiosos) ou através de outra pessoa para chegar a Deus quando Jesus era o Sumo Sacerdote, o Rabino e a porta de entrada para Deus o Pai. O preço foi pago depois que Cristo morreu na cruz e ressuscitou.

Temos acesso ao Pai através do Filho Jesus Cristo e através do Espírito Santo. Agora podemos interpretar as Sagradas Escrituras e ter comunhão com nosso Deus e Rei porque o véu foi rasgado! Aleluia!

Você adora livremente ou lê sua Palavra diariamente? Eu o desafio a pedir a Deus que fale com você e se revele mais profundamente para que você possa compartilhar essa dádiva gratuita da salvação com os outros.

Com amor e gratidão,

0 Comentários