O que é Santificação?

Como seguidores de Cristo, a partir do momento em que nascemos de novo, as coisas velhas passam e o novo vem. Desvendamos os velhos modos de pensar, velhos hábitos e até comportamentos. Sabemos que a transformação para refletir e se parecer com Cristo acontece ao longo do tempo, mas trabalhamos nossa fé diariamente. 

Ser um discípulo me lembra da palavra disciplina. A palavra discípulo quase se encaixa na palavra disciplina , pois é aprender a resistir à tentação e dizer não, como um músculo espiritual. Ao resistir aos músculos com pesos e exercícios, você fica mais forte. A mesma coisa acontece com a saúde espiritual e o exercício. Quanto mais dissermos que sim a Jesus, mais fortes seremos quando as tentações ao pecado aparecerem em nosso caminho.

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:23)

Resistir

As pessoas de mentalidade carnal não se importam com as conseqüências do pecado, porque não sabem nada melhor. A Bíblia diz que o “salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). O pecado tem um preço, e o inimigo de nossas almas quer se mascarar para que caia no engano e se distancie da vontade de Deus. Devemos guardar nossos corações e mentes, renovando-nos com a Palavra, oração, comunhão, igreja e adoração. 

Ser santificado está na disciplina de se tornar mais semelhante a Cristo. A palavra santificado é “separado ou declarado como santo” (dicionário). Não, nós não somos santos de nossos próprios atos, porque nossa “justiça é como trapos imundos” (Isaías 64: 6), mas nossa obediência e fé são creditadas como amor justo a Deus. Ele ama quando obedecemos como um Pai, e Ele não está satisfeito sem fé. 

Todos nós nos tornamos como alguém que é impuro, e todos os nossos atos de justiça são como trapos imundos; Todos nós murchamos como uma folha e, como o vento, nossos pecados nos arrebatam. (Isaías 64: 6)
   
Apenas diga não

Dizer não a certos pecados pode ser difícil no momento porque a carne está sendo crucificada, mas no final colheremos bons frutos e benefícios por causa disso. Vamos colher bênçãos de Deus à medida que progredimos em direção a um relacionamento mais íntimo com nosso salvador. A Bíblia diz que “sem mim nada podeis fazer” (João 15).
  
Separado

Se estamos ouvindo música secular, assistindo a shows mundanos e saindo com a plateia, como podemos esperar ser transformados? Ser santificado é ser “separado”, e é isso que Deus deseja para nós, sermos exibidos para Sua honra, para Seu uso e propósito. Nós somos o barro e Ele é o oleiro. 

Acredite em mim, quando parei de festejar e fazer música mundana, Deus abriu portas sobrenaturais para mim e eu pude fazer meus sonhos de música e também senti mais alegria. O pecado nos deixa sentindo vazios e isso não satisfaz. Confie em mim, o diabo não nos diz o que vamos colher se formos à festa e ficarmos bêbados. Ele não avisa as pessoas de ressaca, gravidez indesejada e assim por diante. Ele promete mentiras vazias e engana com insatisfação. 

Perseguir a Santidade

Sabemos que é a cruz e o sangue de Jesus que nos libertam do pecado, mas também é verdadeiramente nascer de novo pelo Espírito Santo que nos tornamos santos. Nós escolhemos não pecar porque temos autoridade sobre o pecado. Pessoas em cativeiro você pode questionar se elas realmente nascem de novo, porque quando você tem o Espírito Santo de Deus, você não quer pecar. Quando você está apaixonado, você quer agradar essa pessoa e estar com ela e fazê-la feliz. O mesmo vale para o nosso relacionamento com Deus. 

Portanto, não deixe que o pecado reine em seu corpo mortal, que você deve obedecê-lo em suas concupiscências. E não apresente seus membros como instrumentos de injustiça ao pecado, mas apresente-se a Deus como estando vivo dentre os mortos e a seus membros como instrumentos de justiça a Deus. Pois o pecado não terá domínio sobre você, pois você não está debaixo da lei, mas debaixo da graça. (Romanos 6: 12-14)

Meu desafio para você hoje é perguntar a si mesmo: “Eu nasci de novo verdadeiramente e me separei de Deus? Jesus Cristo é realmente o Rei e o SENHOR da minha vida, ou eu dito e faço o que eu quero? Estou realmente seguindo a Cristo? 

Muitas pessoas reivindicam religião e até mesmo cristianismo, mas isso não significa que elas são nascidas de novo e sendo santificadas através do discipulado e transformação. Devemos estar almejando a santidade, construindo o Reino de Deus, e devemos ter crescimento pessoal e evidência de um verdadeiro seguidor do Senhor. Um homem? 

Com amor e gratidão,

0 Comentários